2 de dezembro de 2009


 Moralistas sem humor x Humoristas sem moral
Falta senso de humor para os críticos ou bom senso para os criticados?

  É quase sempre assim, o dia amanhece e se você seguir as pessoas certas basta entrar no twitter que você fica sabendo do assunto do dia. Um infeliz que morreu, um infeliz que fez um comentário sacana sobre o Brasil, uma infeliz que foi pra faculdade enrolada num pedaço de pano... Enfim, os chamados memes vão ser comentados e avaliados por pessoas diferentes durante todo aquele período até que outro tome o seu lugar. Daí surgem comentários de antropólogos, jornalistas, atores, famosos, desconhecidos, ex-bbbs e humoristas. 
  Ah, os humoristas.. Concebidos com o dom do humor, da graça, têm o poder de levar o riso às telas solitárias em todo o Brasil.

  Mas nem tudo são flores:


  Dependendo do assunto da vez um simples comentário acaba se tornando mais importante que o fato - lê-se aqui o caso Danilo e o King Kong. E uma chuva de replies cai sobre os humoristas que insistem em fazer piadas com mortos e com desgraças. Daí nos perguntamos:

  Será que os que criticam estão sendo hipócritas, moralistas que não percebem que o humor é uma forma de celebrar a vida e de rir de nosso próprios erros?
  Ou será que os que são criticados extrapolam os limites da ética e do respeito?
 


  Humor Sem Limites
 

  Não importa. O que importa é que continuarão existindo pautas para os humoristas encherem a boca de piadas infames e por consequência encherem a boca de civis indignados com a suposta falta de respeito. Quem sai ganhando? Os humoristas, claro, que não afetam os seus nervos, ganham audiência e arrancam risadas de pessoas como eu que não vão perder seu tempo defendendo a ética do humor e se preocupam de verdade com o que os políticos andam fazendo com o dinheiro do povo.

Segue abaixo uma entrevista realizada pela República Online Stolen Interviews¹ com o polêmico humorista, Danilo Gentilli.

ROSI: Você recentemente, no twitter, criticou os brasileiros..
DG: Critiquei, eu sou brasileiro, critico quando eu quiser, to criticando o meu povo..
ROSI: Mas depois você apagou.. Teve medo das críticas?
DG: ..Eu apaguei porquê eu quis, o twitter é meu.

¹A entrevista na verdade ocorreu no Media On, não existe nenhuma República Online Solen Interviews.

Nenhum comentário:

Postar um comentário